:::: MENU ::::
  • maio 21 / 2016
  • 0
  • Imprimir
Dicas Profissionais

Você escuta direito? Ou só ouve bem?


Você já deve ter ouvido falar em ruídos e barreiras da comunicação. Mas e você, tem escuta ativa, sabe ouvir as pessoas? Neste mês, minha proposta é que você se analise e compartilhe este teste com outras pessoas, para que elas também pensem sobre este assunto. Saber escutar é fundamental para você se diferenciar em sua carreira, qualquer que seja ela: de médico a professor, de executivo a engenheiro. Habilidade obrigatória caso seja um líder ou queira ser. Elaborei um Teste de Escuta Ativa, com base na teoria e minha experiência de empresária. Faça o teste e confira sua pontuação. Espero que seja útil para sua auto análise.
Quando me comunico verbalmente com alguém

Sempre (3 pontos)

Quase sempre (2 pontos)

Às vezes (1 ponto)

Nunca (0)

1)Observo a linguagem não-verbal do interlocutor: tom de voz, movimento do corpo, olhar e todos os sinais. Percebo quando a pessoa está triste, quando fica feliz porque algo deu errado, quando fica apavorada quando erra – tudo sem precisar de palavras para perceber. 

2)Quando ouço alguém, sei que primeiramente devo qualificar o que a pessoa está dizendo, fazendo perguntas, demonstrando interesse pelo que ela está falando e não contando as minhas estórias ou estórias de pessoas que eu conheço. 

3)Observo a minha linguagem não-verbal: se estou falando com a pessoa sem virar meu corpo para ela, sem olhá-la, se estou atento ao celular/tela do computador, ou com a cabeça baixa. Quero demonstrar, através dos meus gestos, que me interesso pela pessoa. 
4) Sei que cada pessoa é movida por algo: status, poder, dinheiro, ser amado, segurança, família, uma causa, realizar a tarefa etc. Consigo identificar no discurso de alguém suas principais necessidades e motivações, e compreendo que elas moldam o jeito de ver, falar e fazer coisas. 
5)Sei quais são meus preconceitos. Sei que costumo odiar nos outros o que odeio em mim, então tento mudar este sentimento. Sei que costumo odiar nos outros o que amo em mim, então tento entender que as pessoas são diferentes e que isso é ótimo. Trabalho diariamente para eliminar meus preconceitos, crenças e verdades cristalizadas. 

6)Quando percebo que alguém quer desabafar, sei que devo repetir um pouco do que ela está falando, para que ela se ouça. Exemplo: Ela: “Nunca ninguém me ajuda”. Você: “Você está dizendo que nunca mesmo? Ninguém mesmo? De vez em quando alguém ajuda? O João não ajuda você?” Sem crítica, só fazendo com que a pessoa retire o exagero, fruto do cansaço físico e emocional. 

7)Reconheço que meus sentimentos podem contaminar a minha percepção sobre as pessoas. Entendo que se sou competitivo ou se tenho inveja, sou mais crítico com quem é excelente (por medo de ser superado) . Se estou inseguro, intensifico a crítica a quem tem baixa performance, só para me sentir melhor. 
Agora some os pontos das questões:
21 pontos – sua escuta ativa é excelente. Parabéns! Ajude outras pessoas a desenvolverem esta competência

17 a 20 pontos = você tem ótima escuta ativa, apenas desenvolva os comportamentos cuja pontuação foi abaixo de 3, para internalizá-los

13 a 16 pontos = você tem boa escuta ativa, verifique os comportamentos que precisa desenvolver e incorpore-os

09 a 12 pontos = você tem escuta ativa razoável, pois há comportamentos que precisam ser mudados por você – já sabe quais são? Anote-os e monitore-se diariamente

05 a 08 pontos = sua escuta ativa é insatisfatória. Provavelmente está muito auto-centrado, quer contar sua estória ou julga demais. Busque as causas e mude. Verifique todos os comportamentos com pontuação baixa e faça seu plano de ação individual

Abaixo de 05 pontos = talvez nunca deva ter ouvido falar sobre este tema. A partir de hoje, coloque a lista de comportamentos ao seu lado e exercite muito: em casa, no trabalho e com os amigos.

______________________

Fonte: Empresa SSA

Você achou esse conteúdo relevante? Compartilhe!


Prospect Ideias